Disponível em Mato Grosso, estimulação elétrica no cérebro ajuda tratar depressão e até quadros psicóticos graves

Por Equipe Biomente
19/08/2018 · Notícias

Instalado há poucos meses e realizado por apenas três médicos psiquiatras no Estado, um tratamento não invasivo e quase sem efeitos colaterais ajuda a tratar a depressão grave com alto risco de suicídio, esquizofrenia refratária e outros transtornos mentais. Trata-se da Eletronconvulsoterapia (ECT) contemporâneo, um procedimento médico seguro e eficaz realizado através de indução de estímulos elétricos em algumas regiões cerebrais com o objetivo de reorganizar as funções neuroquímicas e nos circuitos neuronais alterados em determinadas doenças psiquiátricas.

 

Continue lendo.